20191121AnacomForam ultrapassadas 3200 assinaturas de apoio à petição e foi levada à ANACOM a luta contra o encerramento do posto dos CTT no Monte de Caparica e pela reabertura da estação de Correios.
¤ 22-nov-2019

 

A Junta de Freguesia reuniu-se com responsáveis da ANACOM, a autoridade que tem a incumbência de regular, supervisionar e fiscalizar o setor postal.

Foram transmitidas as preocupações causadas pelos prejuízos do encerramento, há um mês, do posto em concessão, que já substituira a estação. Foram dadas a conhecer as posições defendidas na petição «Contra o fecho dos CTT no Monte de Caparica» e nas moções aprovadas na Assembleia da União das Freguesias de Caparica e Trafaria («Pela manutenção da estação dos CTT do Monte de Caparica» e «Queremos a estação dos CTT do Monte de Caparica»).

Foi ontem recebido na Junta um ofício dos CTT a informar que há um acordo (não protocolo) com a Associação Vale de Acór, prevendo a reabertura do posto no Monte de Caparica em janeiro. Esta informação não constitui a resposta que se exige ao problema e à reivindicação de reabertura da estação dos CTT, que durante tantos anos funcionou no Monte de Caparica.

 

Petição passa 3200

Neste dia, a recolha de assinaturas para a petição, na Internet e em papel, soma 3222 nomes.

Com 1000 subscritores, uma petição é discutida no Parlamento, em comissão. Mas só com 4000 se garante a discussão em plenário parlamentar.
A recolha prossegue, até atingir este número.

A petição pode ser assinada na Internet (https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=fecho-CTT-Caparica) e nas secretarias da Junta.

 

Share