20200324PlanoEmergencia cartazPara apoiar idosos e outros grupos de risco, no acesso a bens e serviços de primeira necessidade, a Câmara Municipal de Almada lançou o Plano de Emergência Social COVID-19, em parceria com entidades que intervêm nas áreas da saúde e da acção social e com as freguesias (incluindo a União das Freguesias de Caparica e Trafaria).
¤ 25-mar-2020

 

 

Para a implementação deste plano, como se refere num comunicado da CMA, emitido ontem, o Município estabeleceu parcerias com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Almada-Seixal, o Hospital Garcia de Orta, a Santa Casa da Misericórdia de Almada, o Centro Paroquial Nossa Senhora da Conceição (Costa da Caparica), as freguesias e uniões de freguesias e o Provedor Municipal dos Animais.

 

Que apoios, a quem
e quando

O plano destina-se, independentemente da condição financeira de cada um:

- a quem está em quarentena ou isolamento,

- a quem foi imposto o dever especial de proteção,

- a quem está incluído no grupo de risco (pessoas com doenças crónicas, como doenças cardíacas, diabetes e doenças pulmonares)

- e a quem não dispõe de rede de suporte.

Situações sinalizadas pelas entidades sociais e de saúde serão integradas em paralelo.

O sistema deve ser acionado apenas quando se trate de uma destas situações.

Serão disponibilizados bens e serviços, nomeadamente:

• Refeições confecionadas;
• Cabazes de alimentos (cereais, fruta, produtos lácteos, legumes, leguminosas, entre outros);
• Medicamentos de primeira necessidade;
• Ajuda para passear animais de companhia;
• Apoio psicológico à distância.


O que fazer

Em caso de necessidade, numa das situações atrás referidas, deve telefonar para o número verde (gratuito) 800 10 20 40.

O atendimento funciona das 9h00 às 19h00, nos dias úteis, e das 9h00 às 14h00, aos sábados e domingos.

As chamadas serão analisadas por uma equipa da CMA, que reencaminhará o pedido para o respetivo serviço.

 

- Comunicado da CMA
- Plano Municipal e mais ferramentas (18-mar-2020)