20200421Cartaz 25AbrilA Junta da União das Freguesias de Caparica e Trafaria associa-se ao apelo da comissão promotora das comemorações populares do 46.º aniversário do 25 de Abril e apela a que o celebremos com cravos e a «Grândola Vila Morena» das nossas janelas e varandas, às 15 horas, no próximo sábado.
¤ 21-abr-2020

 

Dado não ser possível realizar agora manifestações de rua, a comissão promotora das comemorações populares apelou a que no dia 25, às 15 horas, todos os que estejam em casa venham às janelas ou às varandas e cantem a «Grândola, Vila Morena» e o Hino Nacional.

A quem esteja a trabalhar, é feito o apelo a que suspenda o trabalho (exceptuando serviços de saúde e outros onde não seja possível) e cante a «Grândola, Vila Morena» e o Hino Nacional.

Às rádios e televisões a comissão apelou a que, também às 15 horas, transmitam a «Grândola, Vila Morena», seguida do Hino Nacional.

Para que Abril se cumpra

«Neste momento, em que enfrentamos tão difícil crise, reafirmamos que para cumprir Abril se impõe continuar a lutar para acabar com múltiplas discriminações e injustiças sociais, ainda existentes, e que a pobreza, a desigualdade de género, a xenofobia e o racismo têm de ser combatidos e expurgados da nossa sociedade!

Para cumprir Abril é preciso impedir que sejam os trabalhadores e as pessoas mais vulneráveis a serem as principais vítimas das nefastas consequências económicas e sociais da crise provocada pela pandemia da COVID-19 e, depois desta crise, é preciso continuar a combater políticas de retrocesso, como a precarização das relações de trabalho e o aumento da exploração dos trabalhadores, a manutenção dos baixos salários, o ataque aos serviços públicos e às funções sociais do Estado que devem ser garantidas de forma universal, não deixando de defender o interesse nacional na política externa.

Para cumprir Abril, temos de ultrapassar as dificuldades do momento que vivemos, não recuando na reposição e aumento de rendimentos e salários, na estabilidade laboral, no reforço dos serviços públicos, na garantia do direito à educação e à saúde, na garantia do acesso à fruição e criação cultural, nos direitos das famílias.»

 

SNS nasceu com Abril

«A calamidade que enfrentamos evidencia, uma vez mais, o valor inestimável do Serviço Nacional de Saúde como eixo estruturante do regime democrático, só possível graças à Revolução de Abril e que importa defender e reforçar, cumprindo-nos dirigir uma sentida e justa saudação a todos os profissionais de saúde pela sua abnegada dedicação à causa pública, tantas vezes com risco para a própria vida.»

 

- Excertos do apelo da comissão promotora das comemorações populares do 46.º aniversário do 25 de Abril, que pode obter aqui: https://bit.ly/apelo-25A-2020

 

20200421Apelo Junta 25Abril